Politicamente correcto

Boa noite. Vim hoje só deixar-vos algo em que pensarem nesta noite. Trata-se de uma paródia ao politicamente correcto. Desde que ouvi um gay a dizer que não entrava num bar porque à porta dizia “gins sem paneleirices”. Um homossexual a defender o seu próprio insulto… Que paneleiro.

Sei que não vou mudar o mundo com este post, mas acredito que posso dar um empurrão. As feministas nasceram assim, através de uma ideia de uma mulher que espalhou a sua palavra pelas amigas. Assim, enquanto houver a Távola e enquanto os nossos grandes leitores continuarem a partilhar os nossos textos, a mais vozes chegaremos.

Author: Lince

Apaixonado pela psicologia, poucas coisas, se não nada, lhe dão mais prazer que desvendar um puzzle mental, ao qual faltava a ultima peça, ou que as que lá constavam estavam trocadas, baralhadas, a mais. Existe no Lince também uma tendência machista - nunca misógina -, muito inspirada pela doutrina Red Pill. Um tanto ou quanto fã da sedução, muitas vezes mais até que o próprio fim: o sexo. Agnóstico. Com ideiais políticos flutuantes. O Lince é um homem da verdade, a busca por esta é para ele eterna e constante; talvez a sua maior obsessão.

2 thoughts on “Politicamente correcto”

  1. Não imaginas o que é descer uma parada LGBT com um gay especialmente cruel para com os seus semelhantes… Eu tolero todo o tipo de paneleirices excepto uma: A falta de sentido de humor

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s